Assembleia Geral elege nova coordenação da APEDeMA-RS

http://amigosdaterrabrasil.files.wordpress.com/2011/11/dscf82061.jpg
A nova coordenação eleita para biênio 2011-2013 Paulo Brack, representando o Ingá; Ana Carolina Martins da Silva, representando a ASPAN; e Marcelo Pretto Mosmann, representando a UPV. Imagem NAT-Brasil

Aconteceu no último sábado (05.11), em Porto Alegre, a 59ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), a qual reuniu organizações ecológicas não governamentais (ONGs) de todo RS, quando foram tratados temas atinentes a política ambiental, desde o local ao global, cujos debates principais se deram em torno da mercantilização da natureza, visão que vem ganhando força com a chamada Economia Verde, tema central da Rio + 20.

Além de tratar dos retrocessos ambientais atuais, que passam pelo desmonte do marco legal do licenciamento ambiental, bem como do controle ambiental público, a APEDEMA também elegeu sua nova Coordenação Executiva.

A Coordenação que sai (biênio 2009/2011) era formada pelo Centro de Estudos Ambientais (CEA) (Rio Grande/Pelotas), pelo Núcleo Amigos da Terra- NAT/Brasil (Porto Alegre) e pelo Instituto Biofilia (Porto Alegre) e empreendeu esforços para que as deliberações do Movimento Ecológico Gaúcho (MEG) se materializassem. Nesse período, 2 lutas do MEG que simbolizam o enfrentamento a esse atual momento de avanço da crise ecológica, foram levadas a frente pela APEDEMA e dizem respeito, no plano nacional, a manutenção do Código Florestal, no plano estadual, a manutenção do Código Estadual de Meio Ambiente.

No relatório de atividades apresentado pela Coordenação Executiva (aqui) destaque para a inovação das ações online, ou seja, de ativismo digital, também conhecidas por ciberativismo, chamando para luta ecológica via e-mail e redes sociais às pessoas que não aceitam o agravamento da crise ecológica, a qual só faz aumentar as injustiças sociais.

A nova coordenação é formada pelo Instituto Gaúcho de Estudos Ambientais (INGA), União pela Vida (UPV) e Associação São Borgense de Proteção ao Meio Ambiente (ASPAN) e terá como desafio, além de levar adiante ações e lutas em andamento, organizar o 29º EEEE, em 2012, bem como, acompanhar a Rio + 20.

Em meio as tentativas do capital, com quase pleno apoio do Poder Público, em flexibilizar e se possível acabar com a lei ambiental protetiva, a exemplo das leis trabalhistas, e nas vésperas da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio + 20, a APEDeMA-RS segue fortemente atuante e de forma “espraiada” por todo o estado, combatendo a crise ecológica.

Na assembleia estavam presentes as entidades ONGs presentes: CEA, NAT, UPV, ASPAN, INGA, Solidariedade, ANAMA, Fundação Mo’ã, AGAPAN, APNVG, Instituto Biofilia, IGRÉ, GESP, AIPAN, Mira-Serra, Os Verdes, Instituto Econsciência, Greenpeace, BioFuturo.

A APEDEMA-RS congrega desde sua fundação no início dos anos 90, em Novo Hamburgo-RS, as ONGs ambientalistas/ecologistas mais antigas e atuantes no RS, como a Associação Gaúcha de Proteção do Ambiente Natural (AGAPAN), que completou 40 anos esse ano e a União Protetora do Ambiente Natural (UPAN), inspirada na União Protetora da Natureza (UPN) de Henrique Roessler.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s