Arquivo da tag: Porto Alegre

Estréia nesta sexta novo vídeo sobre Lutzenberger no YouTube

WhatsApp Image 2020-07-28 at 13.07.30O Jardim da Casa Lutzenberger – Visita Guiada – é uma atração à parte, mas que complementa as vivências da Casa construída em 1932 pelo Engenheiro-Arquiteto e artista plástico Joseph Lutzenberger (1882-1951), pai do ambientalista José Antônio Lutzenberger (1926-2002), para ser a casa da família, formada também pela mãe Emma Kroeff (1893-1969) e as irmãs Rose Maria (1929) e Maria Magdalena (1928-2017).

Neste vídeo, continuação do anterior “A Casa Lutzenberger – Visita guiada”, e gravado no mesmo dia 20 de janeiro de 2020, Lilly Lutzenberger, uma das filhas do ambientalista, nos conduz em meio ao verde do jardim que guarda memórias dos plantios de Dona Emma, das brincadeiras de Rose e Magdalena e das construções tecnológicas de José.

O menino, o jovem e o adulto Lutzenberger convivia com sapos, tartarugas, formigas, aranhas caranguejeiras (muito bem alimentadas, rs) e diversos gatos resgatados.

Mas o principal companheiro de Lutzenberger na infância e adolescência foi o cãozinho Lux, motivo de amor e preocupação do futuro ambientalista.

Visão do jardim em direção aos fundos da antiga residência dos Lutzenberger, na rua Jacinto Gomes, em Porto Alegre. Hoje é o escritório da empresa fundada pelo ambientalista e dirigida por equipe montada por ele.

Este vídeo documentário faz parte do projeto “José Lutzenberger: Um mediador entre o ambientalismo brasileiro e global (Déc. 1980-1990)“, financiado pelo CNPq.

 

Este evento foi inserido na Agenda do AgirAzul. Agende também o seu evento diretamente – www.AgirAzul.com/agenda 

Lara Ely fala sobre eco-reportagem multiplataforma

A jornalista Lara Ely estará nesta sexta, 15/2/2019, participando da roda de conversa sobre “Eco-reportagem em multiplataforma“. Será às 18h30min no Galpão do Plátano – rua Gen. João Manuel, 627, no Centro Histórico de Porto Alegre. Continue lendo

AGAPAN ensina compostagem caseira em evento no BarrashoppingSul neste sábado

Ao som do melhor do Jazz, integrantes da AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural estarão neste sábado (dia 14/10/2017), às 18h, ensinando a fazer uma Composteira Caseira no Villa do Jazz.

VILLA DO JAZZ são dois dias de grandes encontros de cultura com conexões diversas, em uma experiência de arte, gastronomia e entretenimento. Acontece nos dias 14 de outubro, sábado das 16h às 23h, e 15 de outubro, domingo das 15h às 22h.

O local é o Centro de Eventos do BarraShoppingSul – Av. Diário de Notícias, 300.

Mais informações sobre o Evento

Porto Alegre participa de ação nacional contra o uso de agrotóxicos

No Dia Internacional do Não Uso de Agrotóxicos (3/12), a Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), em conjunto com o Movimento Gaúcho em Defesa do Meio Ambiente (Mogdema), o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e outras entidades sociais, participou de ato realizado no Centro do Porto Alegre (na Esquina Democrática) em protesto ao uso abusivo de agrotóxicos na produção de alimento no Brasil.

Continue lendo

Praça Rotary vai bailar em Porto Alegre

Para viabilizar o ‘binário’ entre a Av. Borges de Medeiros e a Av. Praia de Belas  – numa o trânsito vai pro Centro e na outra vai pro Bairro – a Prefeitura Municipal de Porto Alegre entende que será preciso sacrificar grande parte da Praça Rotary.

É inacreditável a facilidade com que espaços públicos amplamente utilizados pela população da Capital dos gaúchos estão sumindo do mapa.

Os moradores da região estão se socorrendo de um abaixo-assinado dirigido à municipalidade, protestando contra o corte de árvores e a praticamente destruição da praça para beneficiar o automóvel em prejuízo de área de lazer. O que diz o Rotary Club?

Fontes livremente citadas disponíveis sobre o assunto – que já pipoca na Internet:

Veja no mapa.

Destacada a atuação de ambientalistas na audiência sobre a Orla do Guaíba

Eduíno de Mattos falando da Tribuna

O Arquiteto e professor Udo Mohr fala pela AGAPAN

Uma das principais fontes para saber o que aconteceu na audiência pública sobre o projeto de Jaime Lerner para a Orla do Guaíba, realizada na noite desta segunda-feira (14/10), é o Jornal Já, internet (clique no nome para acessar a matéria).

Representando entidades filiadas à APEDeMA/RS, como a AGAPAN,  e o Solidariedade,  falaram o Arquiteto Udo Silvio Mohr e Eduíno de Mattos, respectivamente.

Também o site oficial da Câmara de Vereadores de Porto Alegre traz matéria a respeito, com fotos. Veja aqui.  O serviço de imprensa da Câmara também disponibilizou muitas fotos.  Além do IAB/RS, a matéria não cita o nome de outros representantes da comunidade

Veja também: http://agapan.blogspot.com.br/ 

Morro Santa Teresa será Área de Interesse Ambiental em Porto Alegre

Morro Santa Teresa (Site: POA Resiste)

Foi aprovado ontem (3/7), por unanimidade, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o PLC, Projeto de Lei Complementar, que institui Área Especial de Interesse Ambiental sobre o Morro Santa Teresa, com identificação de Área de Proteção do Ambiente Natural, de Área de Interesse Cultural e Área Especial de Interesse Social.

Essa luta teve sua primeira vitória, em maio de 2010, quando a reação das comunidades e entidades, com o grito “o Morro é nosso”, impediu a venda da área.  A AGAPAN – entidade filiada à Apedema – foi uma das grandes participantes desta vitória. Veja a íntegra da matéria no site da Agapan.

NATBrasil faz Assembléia para examinar as contas

Núcleo Amigos da Terra Brasil – NATBrasil – integrante da Federação Internacional dos Amigos da Terra (Friends Of The Earth – FOEi) realiza neste sábado (29), na sua sede – rua Olavo Bilac, 192, na Cidade Baixa, em Porto Alegre, sua Assembléia Geral anual para exame das contas.

Aberta a V Conferência do Meio Ambiente de Porto Alegre

Aberta a V Conferência do Meio Ambiente – Ética do Cuidado Ambiental em Porto Alegre: O Futuro da Paisagem. Ainda há tempo para participar, pois ela estará sendo realizada entre os dias 27 e 29 de abril. A promoção do evento é da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAM) e pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente (COMAM).  Participam da construção desse evento as ONGs filiadas à APEDEMA/RS e membros  do COMAM: IgréInstituto Econsciência, Maricá e INGÁ.

Foto da Cerimônia de Abertura por Eduíno Mattos (ONG SOLIDARIEDADE, filiada à APEDEMA/RS)

A programação de abertura foi:

Dia 27 de abril, sexta-feira:

12h30: Inscrições

14h30: Palestra Ética e Cuidado com a Paisagem Urbana, com Lúcia Mascaró, da Ufrgs

15h30: Palestra Tecnologia e Inovação em Abastecimento D’Água, Saneamento Básico e Drenagens Urbanas, com Dieter Wartchow, do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Ufrgs

17h: Coffee Break e Apresentação Cultural

18h: Cerimônia de abertura

19h30: Palestra de abertura, com Genebaldo Freire, da UNB.

Confira a programação do sábado e do domingo aqui.

CEA divulga artigo sobre as Audiências x Pai Querê

Excelente resumo crítico das Audiências sobre Pai Querê no texto de Ana Terz, divulgado pelo blog do CEA, ONG filiada à APEDEMA, sob o título de:

Pai Querê: para garantir a novela das oito….

“(…)Às 19h, horário de início da audiência, o Sindicato dos Engenheiros ficou acanhado para abrigar quase o dobro de pessoas que o auditório de 200 lugares, localizado no segundo andar, permitia. O primeiro improviso da noite foi adequar às pressas, um espaço no térreo com um telão para abrigar os excedentes. Quem não ficou “no porão”, como alguém se referiu ao “puxadinho do público”, ficou de pé mesmo, durante as mais de oito horas de enfrentamento que foi o que foi e  o que durou a audiência pública.

Uma hora e 23 minutos depois do início da apresentação de praxe do órgão responsável pela análise do licenciamento ambiental da obra, no caso o IBAMA, e do resumo do Relatório de Impacto Ambiental apresentado pelos empreendedores, conforme prevê a legislação, foi feito uma pausa e, aí sim, começou o embate. (…)”

Clique aqui e leia esse artigo na íntegra no Blog do CEA.

Ou Clique aqui e leia a publicação original no blog RSURGENTE.

Porto Alegre é demais: acabaram com a sede da AGAPAN

Organização ambiental tem sede derrubada em Porto Alegre Crédito: Bruno Alencastro

Total indignação com o desrespeito ao bem público que a prefeitura de POA vem exercendo em detrimento de interesses privados. Porque floriculturas e pizzarias são muito parecidas…

Temos PPP – Parcerias “Público” Privadas – por todos os lados de POA: é a coca-cola que se adonou que Mercado Público; é a Pepsi que toma conta da Orla do Guaíba e de parte do Parque Farroupilha; é a Wallmart que privatizou parcialmente o Brique da Redenção. Não satisfeitos também patrocinam a Semana de Meio Ambiente de POA…nada mais sensato.

Nossa solidariedade ecológica a AGAPAN!

Demolição foi feita por funcionários da empresa Peruzzato e Kindermann

Em plena vigência da Semana Mundial do Meio Ambiente, uma das entidades mais representativas de atuação nesta área, de Porto Alegre, sofre um dos maiores golpes de sua existência. A sede da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), localizada na esquina das avenidas Aureliano de Figueiredo Pinto e Praia de Belas, foi destruída na tarde de segunda-feira. A demolição foi feita por funcionários da empresa Peruzzato e Kindermann, que informaram que no local seriam construídas uma pizzaria e uma floricultura.

O prédio da Agapan foi totalmente destruído. O material que restou da demolição foi colocado em caminhões e levado pela empresa. A situação levou ao local membros da organização, que espalharam e-mails denunciando a questão. A secretária-geral da Agapan, Eliara Manfredi, disse que a ONG tem concessão da prefeitura da Capital para utilizar o espaço, concedida há mais de 10 anos pela prefeitura.

Essa autorização, segundo ela, tem vigência de 20 anos. Ela disse que há cerca de cinco anos os voluntários se reuniam lá semanalmente para discutir questões do meio ambiente.

Eliara contou, ainda, que a sede estava sendo adaptada para uma construção auto-sustentável e já tinha, inclusive, um telhado ecológico. A secretária lamentou que todo o trabalho da organização tenha sido destruído junto com o prédio.

O titular da Smic, Valter Nagelstein, disse que foi alertado da situação no fim da tarde, e disse que a determinação para demolição da sede da Agapan não partiu da Secretaria. Nagelstein toma nesta terça-feira providências para identificar de onde surgiu a ordem de derrubada. A diretoria da Agapan registrou ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=302278

Saiba mais e veja fotos Aqui: Destruição da sede da Agapan gera sindicância na Smic