A Amazônia e a COP26 são tema de encontro virtual nesta terça, 30/11

 

O Grupo Interinstitucional de Cooperação Socioambiental (GISA) do Rio Grande do Sul promoverá nesta terça-feira, 30/11/2021, a live que tratará da defesa da Amazônia e a recente realização da COP26.

O evento será transmitido via Youtube https://www.youtube.com/watch?v=eWe3VkQ1aiI, entre 14h e 15h30min.

Estarão no encontro on-line o Secretário do Estado do Meio Ambiente – SEMA, do Amazonas, Eduardo Costa Taveira, a Juíza Federal e Coordenadora do Laboratório de Inovação do CNJ – JUSCLIMA2030, Rafaela Santos Martins da Rosa e o Promotor de Justiça do RS e Coordenador do Centro Operacional de Defesa do Meio Ambiente – CAOMA, Daniel Martini. 

O grupo irá dividir experiências sobre a preservação do Meio Ambiente e as tratativas que ocorreram na COP-26 para a defesa da floresta amazônica, bem como outras frentes de estudo, como as ações do JUSCLIMA 2030, composta por magistrados e servidores de diversos tribunais.

A Juíza de Direito substituta de Porto Alegre e coordenadora da Unidade Ambiental ECOJUS no Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, Patrícia Antunes Laydner, atuará como mediadora do bate-papo. Ela irá contribuir sua experiência sobre os temas debatidos na esfera do Tribunal de Justiça do RS.  O Ecojus está organizando a atividade.

Convidados:

  • Eduardo Costa Taveira é Mestre em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas, possui graduação em Ciências Sociais pela Ufam (2000) e especialização em Desenvolvimento Sustentável (2004).  É Secretário de Estado do Meio Ambiente do Amazonas desde de janeiro de 2019, atual Presidente do Fórum de Secretários do Meio Ambiente da Amazônia Legal e Vice-Presidente da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema).



  • Rafaela Santos Martins da Rosa é Juíza-Federal substituta na JFRS, coordenadora do JUSCLIMA2030, mestre em Direito e Sustentabilidade, doutorando em Direito na Unisinos na linha de pesquisa  Sociedade, Novos Direitos e Transnacionalização.




  • Daniel Martini é Promotor de Justiça estadual no RS, Coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Presidente da Comissão Institucional de Gestão Ambiental do MPRS – Verde MP.

 

O GISA – Grupo Interinstitucional de Cooperação Socioambiental – reúne dezenove instituições do setor público e uma entidade privada com sede no Rio Grande do Sul para colaborar com o dever constitucional de defender e preservar o meio ambiente. As instituições por meio do grupo tem promovido o “desenvolvimento sustentável” conforme alinhavado nos ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável firmado por organismos transnacionais sob os auspícios da ONU.

Participam do GISA, conforme página no Facebook a Associação dos Juízes do RS/AJURIS (entidade privada), Defensoria Pública do Estado, Defensoria Pública da União, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Escola Superior da Magistratura, Justiça Federal no Estado Rio Grande do Sul, Ministério Público do Estado do RS, Ministério Público de Contas, Ministério Público do Trabalho – 4ª Região, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional RS (autarquia federal), Procuradoria Regional da República – 4ª Região, Procuradoria-Geral do Estado do RS, Tribunal de Contas do Estado do RS, Tribunal de Justiça do RS, Tribunal de Justiça Militar do RS, Tribunal Regional do Trabalho – 4ª Região, TRE-RS / Tribunal Regional Eleitoral do RS, Tribunal Regional Federal – 4ª Região, UFRGS / Universidade Federal do Rio Grande do Su e UERGS / Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

 

Previous post COP 26 encerrada: saiba das principais decisões
Send this to a friend