CEA proporá ao Conselho do Meio Ambiente de Rio Grande apuração de responsabilidades por incêndio

porRedação

CEA proporá ao Conselho do Meio Ambiente de Rio Grande apuração de responsabilidades por incêndio

ceaNovamente o fogo produziu danos ambientais ao Banhado 25, localizado às margens da BR-392, próximo à localidade de Domingos Petrolini, no Município de Rio Grande, sul do Rio Grande do Sul. O fato ocorrido na quinta-feira (23/4) será levado ao conhecimento do Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Rio Grande (COMDEMA) pelo Centro de Estudos Ambientais – CEA, entidade associada à APEDeMA/RS. 

Denuncia a entidade que uma equipe da ‘empresa concessionária que arrecada com o pedágio na rodovia pública federal esteve no local’ e não teria tomado nenhuma providência para combater o incêndio. No entender do CEA, ‘caberia à concessionária em questão investir em ações preventivas, como placas indicativas da existência dos banhados, sua relevância ecológica e a vulnerabilidade ao fogo’. 

No CONDEMA, o CEA proporá que sejam apuradas as responsabilidades pelos danos ambientais causados pelo incêndio e que ‘seja avaliada a possibilidade de transformar a referida zona úmida em uma unidade de conservação municipal, visto que grande parte da área já é pública e pertence ao estado do RS, pois se encontra no interior da quase abandonada Estação Experimental de Horticultura da Fepagro Sul, a qual já sediou diversas atividades do Programa Mar de Dentro, no inicio da década de 2000, como tratativas para uma política ambiental voltada para a proteção das orquídeas da região e geração de renda ao pequenos agricultores.

Fonte: noticiário do CEA

Sobre o Autor

Redação administrator

Jornalista, Porto Alegre, RS Brasil.