Debate promovido pela AGAPAN expõe crítica à propaganda de transgênicos

Auditório cheio para o debate
Auditório cheio para o debate (foto de Cesar Cardia/ Heverton Lacerda)

Matéria de Marco Aurélio Weissheimer divulgada no Sul21.com.br noticia o debate ocorrido na última segunda-feira, promovido pela AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural, associada da APEDeMA/RS, na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS.  Também a página da AGAPAN na Internet traz matéria do Jornalista e Secretário-Geral da entidade, Heverton Lacerda, com fotos dele e de Cesar Cardia.

Marco Aurélio narra que no debate, Advogado José Renato Barcelos propõs que controvérsias envolvendo organismos geneticamente modificados passem a ser tratadas à luz do Código de Defesa do Consumidor e que  Júlio Xandro Heck, Doutor em Biologia Celular e Molecular, questiona teses da propaganda das empresas e o Engenheiro Agrônomo Leonardo Melgarejo diz que, ao invés da produtividade aumentar, o que cresceu foi a concentração da indústria e a venda casada de sementes e agrotóxicos.  O debate foi mediado pelo Prof. Doutor Alfredo Gui Ferreira, Presidente da AGAPAN.

 

Anúncios

Deixe um Comentário