AGAPAN: Empresa é multada cinco vezes e Pellini diz que é “bobagem”

Foto enviada por morador de Guaíba
 Em nota publicada em seu site, a AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – associada da APEDeMA/RS, chama a atenção para a declaração atribuída à Presidente da FEPAM em matéria do jornal Zero Hora do último sábado (25/7/2015) em que esta teria afirmado que, à exceção dos fatos envolvendo o vazamento de dióxido de claro (utilizado no processo de branqueamento de papel) em que dez trabalhadores precisaram socorro médico,  considerado grave, ocorrido na fábrica ‘Celulose Riograndense’, todos os outros, que deram origem a multas aplicadas pelo órgão, foram  ‘bobagem’.

Previous post ‘A retirada de 330 árvores nos assusta’, diz presidente da Agapan sobre obras do Cais Mauá
Next post CEA mantém comentário semanal nas segundas-feiras em Rádio
Send this to a friend