Termer sanciona lei que permite pulverização aérea de cidades

Captura de Tela 2016-07-02 às 10.15.41Ambientalistas, cientistas e ativistas de todo o Brasil estão se mobilizando contra a Lei n. 13.301/2016 (ver íntegra do texto) sancionada recentemente pelo presidente da República em exercício Michel Temer, que permite a pulverização de venenos por via aérea nas cidades (art. 1, parágrafo 3, Inciso IV).  A lei informa que dispõe  sobre a adoção de medidas de vigilância em saúde quando verificada situação de iminente perigo à saúde pública pela presença do mosquito transmissor do vírus da dengue, do vírus chikungunya e do vírus da zika.

Leonardo Melgarejo, da AGAPAN, indica a máxima divulgação do tema. E sugere este vídeo como fonte de informação. No vídeo, o Professor Wanderlei Pignati, Doutor em Saúde Pública, fala sobre os malefícios da pulverização de forma indiscriminada. Para o especialista, “a pulverização em cima das nossas cabeças vai prejudicar a saúde humana e não vai ser eficaz contra o mosquito”. 

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Next Post

AMA Guaíba desenvolve projeto junto à Penitenciária Feminina

dom jul 10 , 2016
Projeto Lótus leva empoderamento e cidadania a mulheres da Penitenciária Julieta Balestro Feitios, resgate, saúde e autonomia Desde o começo de junho, as mulheres em privação de liberdade na Penitenciária Feminina Julieta Balestro, em Guaíba, passam por um profundo resgate de cidadania. Trata-se do Projeto Lótus – Feitios, resgate, saúde […]