Movimentos sociais farão marcha de protesto na abertura da Rio+20

Anúncios Uma marcha de protesto será realizada nas ruas do Rio no dia 20 de junho deste ano, quando será.

Anúncios
Anúncios

Uma marcha de protesto será realizada nas ruas do Rio no dia 20 de junho deste ano, quando será aberta oficialmente a Conferência das  Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. “Existe uma proposta inicial de a gente ir até o Forte de Copacabana encontrar os empresários”, diz o ambientalista Carlos Henrique Painel, membro do Comitê Facilitador da Sociedade Civil para a Rio+20 e coordenador do Fórum Brasileiro de Organizações Não Governamentais e Movimentos Sociais (Fboms).

A marcha integra o Dia de Ação Global, que inclui várias atividades a serem empreendidas no mundo inteiro por organizações da sociedade civil que não poderão estar presentes à Cúpula dos Povos – evento paralelo à Rio+20, que ocorrerá no período de 15 a 23 de junho, no Aterro do Flamengo. “Haverá atividades nos Estados Unidos, na América Latina, na Europa, e a gente espera que na África também. É um Dia de Ação Global”, reforçou Carlos Painel.

Leia essa notícia completa no Site do SUL21.

A APEDEMA/RJ (Assembleia Permanente de Entidades de Defesa do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro) faz parte do Comitê de Força-Tarefa para auxiliar na organização da Rio+20. Farão parte dessa comissão o ISA (Instituto Socioambiental), a REAPI (Rede Ambiental do Piauí), o Instituto Ipanema, a REJUMA (Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade) e o CEA (Centro de Estudos Ambientais), ONG filiada À APEDEMA/RS.

Anúncios
ALLCHANNELS

Você pode seguir o Canal

Junte-se ao Canal CLOSE