Jornalistas & Biodiversidade: aberto prazo para concorrer a recursos

  • 00A Sociedade de Jornalistas Ambientais – SEJ dos Estados Unidos está aceitando propostas para subsidiar trabalhos sobre biodiversidade por meio do Fundo de Jornalismo Ambiental. 

15 de maio de 2019 (23h59, horário local) é o prazo final para propostas ao Fundo de Jornalismo Ambiental (FEJ) da SEJ para subsídios de até US $ 5.000,00 para despesas e estipêndios como viagens, produção de multimídia, tradução e muito mais.

Subsídios de até US $ 5.000 serão concedidos em julho de 2019 para garantir a cobertura dos problemas de biodiversidade e desafios enfrentados pelas comunidades em todo o mundo. 

À medida que os formuladores de políticas se preparam para a Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, em 2020, a necessidade de aumentar a compreensão pública sobre a biodiversidade, áreas protegidas, conservação baseada na comunidade e políticas internacionais é premente.

O Fundo para Jornalismo Ambiental do SEJ investe em relatórios de serviço público sobre meio ambiente e os jornalistas que o produzem.

  • O FEJ concede apoio ao desenvolvimento e disseminação de coberturas significativas que de outra forma não poderiam ser concluídas.
  • Os projetos vencedores serão selecionados por um júri independente de jornalistas baseado em relevância, relevância atual, plano de publicação e histórico do candidato, entre outros fatores.

Esta competição é generosamente subscrita pela Wyss Campaign for Nature Communications, um projeto do Resources Legacy Fund, e por doadores individuais ao Fund for Environmental Journalism.

Elegibilidade e Taxas

Membros da SEJ: isenção da taxa 
Não-membros: a taxa é de $ 40 .

Você não precisa ser um membro da SEJ para se inscrever, mas precisa ser um jornalista profissional qualificado para ser membro do SEJ.  Veja a política.

Para entrar como membro, preencha o formulário de inscrição SEJ ANTES de solicitar a concessão. Apenas membros logados podem acessar a taxa de inscrição de US $ 0.

Os projetos vencedores são selecionados por um júri independente de editores nomeado pela Diretoria da Sociedade de Jornalistas Ambientais. A SEJ mantém uma rígida política de confidencialidade em relação às idéias de matérias submetidas através de competições da FEJ.

Previous post Inscrições para curso em EAD sobre Plano de Manejo de UCs vão de 8 a 17/abril
Next post ONU Meio Ambiente divulga suas atividades no Brasil
Send this to a friend