Abaixo-assinado contra agrotóxicos próximo ao Parque Delta do Jacuí

Diversas entidades ambientalistas e proteção aos direitos humanos, além de produtores rurais, estão divulgando abaixo-assinado contra a proposta da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que deixa aberta a possibilidade de liberação da pulverização aérea de agrotóxicos na Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Jacuí, próximo à capital, Porto Alegre, no conjunto de ilhas situado em frente à cidade.

Assinam o abaixo-assinado, entre outras entidades, a AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural, AMA – Associação Amigos do Meio Ambiente de Guaíba, Instituto Preservar, INGá – Instituto Gaúcho de Estudos Ambientais, Amigos da Terra Brasil, Acesso Cidadania e Direitos Humanos, Cooperativa Central dos Assentamentos do RS, Cooperativa de Produção Agropecuária de Tapes, Comissão da Produção Orgânica do Rio Grande do Sul, a Consulta Pública aberta pela SEMA – Secretaria Estadual do Meio Ambiente

No entender das entidades, a Consulta Pública aberta até o dia 7 de agosto de 2022 para receber propostas sobre o mapeamento de proibição de aplicação de agrotóxicos na Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Delta do Jacuí parece, a primeira vista, uma estratégia para legalizar a pulverização aérea na região da Área de Proteção Ambiental (APA), no entorno do Parque.

Leia a íntegra do manifesto e assine, se quiser, o abaixo-assinado aqui

Next Post

Estado do RS e Município de Triunfo são responsáveis pela restauração da casa natal de Bento Gonçalves

seg ago 1 , 2022
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve sentença que responsabilizou o Estado do Rio Grande do Sul e o Município de Triunfo (RS) a restaurar a Casa Natal de Bento Gonçalves, edifício de relevância histórica e cultural localizado na cidade gaúcha. A decisão foi proferida pela 3ª Turma, […]
Send this to a friend